Blog de wc.falandodevida
border=0
 
   Arquivos

 
border=0
Outros sites

 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 LilianeTrico.blogspot.com


Votação
Dê uma nota para meu blog



border=0
 


AQUILO QUE O DINHEIRO NÃO COMPRA, A FÉ ADQUIRE!

 

O vós, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. Isaias 55.1

 

 

 



Escrito por wc.falandodevida às 06h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






OPORTUNIDADE PERDIDA

OPORTUNIDADE PERDIDA
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele." - João:3:17
Nos EUA existe a pena de morte. E um homem, por um motivo fútil, embriagado, iracundo, descontrolado, matou um amigo dentro de um bar. Ele foi preso em flagrante, julgado e condenado à morte. Ele ficou aguardando a execução.
Levantou-se nos EUA um clamor nacional, pedindo ao governador daquele estado que tinha pena de morte, que perdoasse o criminoso, concedendo-lhe o perdão, o indulto, mudando a pena, tirando de sobre ele a pena de morte.
Sensibilizado, o governador resolveu conceder o indulto para aquele criminoso. E o governador decidiu que, pessoalmente, levaria aquela carta concedendo o perdão, transferindo a pena de morte para outra coisa.
Vestido de terno, o governador foi visitar o preso. Quando viu aquele homem de terno à porta de sua cela, o preso, que era uma pessoa ignorante, pensou que fosse um Pastor dentro da cadeia, de terno e gravata. Ele falou com ele mesmo: “Hum…mais um Pastor aqui para me encher a paciência”. Assim, ele deu às costas ao governador. Porque naquela semana, ele já havia sido visitado por sete Pastores que lhe pregavam o arrependimento.
Pensando que o governador era mais um Pastor, o condenado virou as costas e não quis mais atender ao governador, sem saber que junto estava o perdão – a mudança da pena de morte.
O governador ficou aborrecido de ver a dureza do coração daquele homem que não quis sequer atende-lo, sendo ele governador. A autoridade foi embora e cancelou o perdão.
O carcereiro chegou para o preso e disse: “Você é louco? Por que não atendeu ao governador? O homem veio aqui pessoalmente te trazer perdão e você não o atendeu?” O condenado respondeu: “Ah, mas eu pensei que era um Pastor. Chame ele para mim, chama”. Disseram: “Agora é tarde. O governador já foi embora.
Aquele homem foi executado e nada adiantou os seus apelos e seus pedidos, pois já era tarde demais. O Senhor Jesus declara: “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei e ele comigo”.


Escrito por wc.falandodevida às 16h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






APRENDENDO COM A PALAVRA DE DEUS

(Estudo biblico)

Herodes o Tetrarca e João Batista.

Marcos 6:14-29

"E ouviu isto o rei Herodes (porque o nome de Jesus se tornara notório), e disse: João, o que batizava, ressuscitou dentre os mortos, e por isso estas maravilhas operam nele.

Outros diziam: É Elias. E diziam outros: É um profeta, ou como um dos profetas.

Herodes, porém, ouvindo isto, disse: Este é João, que mandei degolar; ressuscitou dentre os mortos.

Porquanto o mesmo Herodes mandara prender a João, e encerrá-lo maniatado no cárcere, por causa de Herodias, mulher de Filipe, seu irmão, porquanto tinha casado com ela.

Pois João dizia a Herodes: Não te é lícito possuir a mulher de teu irmão.

E Herodias o espiava, e queria matá-lo, mas não podia.

Porque Herodes temia a João, sabendo que era homem justo e santo; e guardava-o com segurança, e fazia muitas coisas, atendendo-o, e de boa mente o ouvia.

E, chegando uma ocasião favorável em que Herodes, no dia dos seus anos, dava uma ceia aos grandes, e tribunos, e príncipes da Galiléia,

Entrou a filha da mesma Herodias, e dançou, e agradou a Herodes e aos que estavam com ele à mesa. Disse então o rei à menina: Pede-me o que quiseres, e eu to darei.

E jurou-lhe, dizendo: Tudo o que me pedires te darei, até metade do meu reino.

E, saindo ela, perguntou a sua mãe: Que pedirei? E ela disse: A cabeça de João o Batista.

E, entrando logo, apressadamente, pediu ao rei, dizendo: Quero que imediatamente me dês num prato a cabeça de João o Batista.

E o rei entristeceu-se muito; todavia, por causa do juramento e dos que estavam com ele à mesa, não lha quis negar.

E, enviando logo o rei o executor, mandou que lhe trouxessem ali a cabeça de João. E ele foi, e degolou-o na prisão;

E trouxe a cabeça num prato, e deu-a à menina, e a menina a deu a sua mãe.

E os seus discípulos, tendo ouvido isto, foram, tomaram o seu corpo, e o puseram num sepulcro".

 Tetrarca –

No grego clássico, significa aquele que governa uma região dividida em quatro. Para os romanos, significava qualquer governante de uma província romana oriental

.Esse Herodes, não é mesmo que mandou matar as criancinhas na época do nascimento de Jesus. (

Mateus 2. 13;15,16)

Na época do nascimento de Jesus, quem reinava na Judéia, era Herodes o grande. foi um grande político, militar e construtor. Ele governou a Judéia para e em nome do poder romano.

Herodes, o grande,

Iniciou a reconstrução do Templo em Jerusalém, em 22 a. C.

"Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias?" João 2.20(4a.c)

Herodes o Grande, morreu em Jerusalém, em torno de 12 ou 13 de março

 Após a sua morte, o imperador César Augusto, dividiu o reino entre seus três filhos:


* Herodes Arquelau: Tetrarca da Judéia, Samaria e Iduméia.

* Herodes Antipas.

Tetrarca da Galiléia e Perea.

* Herodes Filipe II.

Tetrarca da Batanea, Gaulanítide, Traconites e Auranítide

Herodes Arquelau

Reinou após Herodes o Grande.

E, ouvindo que Arquelau reinava na Judéia em lugar de Herodes, seu pai, receou ir para lá; mas avisado em sonhos, por divina revelação, foi para as partes da Galiléia. Mateus 2.27

Herodes Antipas

Herodes Antipas é criticado nos Evangelhos, onde é chamado por Jesus de "raposa" (Lucas 13.31,32 ) e acusado pela morte de João Batista. No Evangelho segundo Lucas (Lc. 23.7), é incluído entre os personagens envolvidos no julgamento e morte de Jesus.

Herodes Filipe II

Filho de Herodes, o Grande e de Cleópatra de Jerusalém. Foi "tetrarca" de Betânia, Ituréia, Traconite e Auranite. Reconstruiu a cidade de Cesárea Filipe, dando-lhe o seu próprio nome, para a distinguir de Cesárea, situada na costa marítima, que era a sede do governo romano. Casou-se com Salomé, a filha de Herodias (Mt 16:13; Mc 8:27; Lc 3:1).


Herodes Agripa I

Rei da Judeia (41-44 d. C ). Era neto de Herodes o Grande.

A tradição Cristã, sustenta que foi ele quem ordenou a morte do Apóstolo Tiago, o irmão do evangelista João (Atos 12:2) e que morreu comido por vermes por castigo divino durante um discurso diante do povo:

E o povo exclamava: Voz de Deus, e não de homem! No mesmo instante, feriu-o o anjo do Senhor, porque não deu glória a Deus; e, comido de bichos, expirou.

(Atos 12: 22-23)

O ministério de Jesus, estava crescendo como predisse João: "É necessário que ele cresça e que eu diminua" (João 3:30), e isso chegou ao conhecimento de Herodes.

"E o tetrarca Herodes ouviu todas as coisas que por ele foram feitas, e estava em dúvida, porque diziam alguns que João ressuscitara dentre os mortos; e outros que Elias tinha aparecido;
E outros que um profeta dos antigos havia ressuscitado.
E disse Herodes: A João mandei eu degolar; quem é, pois, este de quem ouço dizer tais coisas? E procurava vê-lo". (Lucas 9:7-9)

Herodes não sabia ao certo o que pensar: Lucas afirma que ele estava em dúvida

(Lucas 9,7);

Marcos, que ele achava que João havia ressuscitado (Marcos 6.14)

Na dúvida, ele acabou acreditando na mentira

"E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira;

Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade" 2 Tessalonicenses 2.11,12

Herodes, esteve diante da verdade várias vezes, mas acabou acreditando numa mentira!

Outro Rei que não deu crédito à verdade

"Então disse o rei de Israel a Jeosafá: Ainda há um homem por quem podemos consultar ao Senhor; porém eu o odeio, porque nunca profetiza de mim o que é bom, mas só o mal; este é Micaias, filho de Inlá. E disse Jeosafá: Não fale o rei assim.

Então saiu um espírito, e se apresentou diante do Senhor, e disse: Eu o induzirei. E o Senhor lhe disse: Com quê?

E disse ele: Eu sairei, e serei um espírito de mentira na boca de todos os seus profetas. E ele disse: Tu o induzirás, e ainda prevalecerás; sai e faze assim.

Agora, pois, eis que o SENHOR pós o espírito de mentira na boca de todos estes teus profetas, e o SENHOR falou o mal contra ti". (1 Reis 22. 21-23)

Muitos, por não darem créditos à verdade, são levados a acreditar numa mentira!

Continua...



Escrito por wc.falandodevida às 10h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Continuação

Herodes, embora acusado por João, sempre o ouvia.

Porque Herodes temia a João, sabendo que era homem justo e santo; e guardava-o com segurança, e fazia muitas coisas, atendendo-o, e de boa mente o ouvia.
Marcos 6:20

Herodes, ouvia a João, mas acabou dando ordem para mata-lo!

"Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído." Isaias 29.13

"E eles vêm a ti, como o povo costumava vir, e se assentam diante de ti, como meu povo, e ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra; pois lisonjeiam com a sua boca, mas o seu coração segue a sua avareza." Ezequiel 33.31

"E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, Mas o seu coração está longe de mim;

Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens." Marcos 6.7

"E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.

Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural;

Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era.

Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecidiço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito." (Tiago 1.23-25)

Herodes, também desejou ver a Jesus

E disse Herodes: A João mandei eu degolar; quem é, pois, este de quem ouço dizer tais coisas? E procurava vê-lo. (Lucas 9:9)

E Herodes, quando viu a Jesus, alegrou-se muito; porque havia muito que desejava vê-lo, por ter ouvido dele muitas coisas; e esperava que lhe veria fazer algum sinal.
E interrogava-o com muitas palavras, mas ele nada lhe respondia.
E estavam os principais dos sacerdotes, e os escribas, acusando-o com grande veemência.
E Herodes, com os seus soldados, desprezou-o e, escarnecendo dele, vestiu-o de uma roupa resplandecente e tornou a enviá-lo a Pilatos. " (Lucas 23.8-12)

Herodes, prendeu a João, e sempre o ouvia. Desejou encontrar-se com Jesus, mas depois, acabou desprezando-o.

Há muitas pessoas que parecem ate gostar da verdade. Se aproximam dela; inicialmente até se alegram com ela, como aconteceu com Herodes, mas depois, a ignoram, a desprezam. Herodes desprezou a verdade!

Além de Herodes, outros também desprezaram a verdade

Disse-lhe Pilatos: Que é a verdade? E, dizendo isto, tornou a ir ter com os judeus, e disse-lhes: Não acho nele crime algum. João 18.38

E alguns dias depois, vindo Félix com sua mulher Drusila, que era judia, mandou chamar a Paulo, e ouviu-o acerca da fé em Cristo.

E, tratando ele da justiça, e da temperança, e do juízo vindouro, Félix, espavorido, respondeu: Por agora vai-te, e em tendo oportunidade te chamarei.

 

Esperando ao mesmo tempo que Paulo lhe desse dinheiro, para que o soltasse; pelo que também muitas vezes o mandava chamar, e falava com ele. Mas, passados dois anos, Félix teve por sucessor a Pórcio Festo; e, querendo Félix comprazer aos judeus, deixou a Paulo preso. Atos 24-26

Porque o rei, diante de quem falo com ousadia, sabe estas coisas, pois não creio que nada disto lhe é oculto; porque isto não se fez em qualquer canto.

Crês tu nos profetas, ó rei Agripa? Bem sei que crês.

E disse Agripa a Paulo: Por pouco me queres persuadir a que me faça cristão.

 

E disse Paulo: Prouvera a Deus que, ou por pouco ou por muito, não somente tu, mas também todos quantos hoje me estão ouvindo, se tornassem tais qual eu sou, exceto estas cadeias. Atos 26.26-29

 

E não podia fazer ali obras maravilhosas; somente curou alguns poucos enfermos, impondo-lhes as mãos.

E estava admirado da incredulidade deles. E percorreu as aldeias vizinhas, ensinando (Mc. 6.5,6)

E não fez ali muitas maravilhas, por causa da incredulidade deles. (Mt 13.58)

Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte.

Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa. Tg 1.6.7

A incredulidade e a dúvida, nos impedem de ver a glória de Deus!

 E Herodias o espiava, e queria matá-lo, mas não podia (Marcos 6.19)

Quem foi Herodias?

Herodias, havia casado com Herodes Felipe. Era neta de Herodes o Grande. Deste casamento, teve uma filha chamada Salomé, mas, como Felipe caira em desagrado, sendo obrigado a viver fora da sociedade, ela o abandonou, e foi novamente casar com seu cunhado, Herodes Antipas, Tetrarca da Galileia, que lhe ofereceu um Palácio e uma coroa.

Pelo fato de João Batista ter censurado esse casamento (Mateus 14. 3,4), Herodias, sugeriu a sua morte, sendo atendida por Herodes.

Outra sugestão dessa mulher, foi de que Herodes fosse a Roma, a fim de alcançar o titulo de Rei, mas isso resultou na sua desgraça. Seu pedido não foi aceito, e ele foi viver exilado em Siom. E acompanhou - o, no exílio, sua ambiciosa e iníqua mulher.

A filha de Herodias, dança diante de Herodes

"Entrou a filha da mesma Herodias, e dançou, e agradou a Herodes e aos que estavam com ele à mesa. Disse então o rei à menina: Pede-me o que quiseres, e eu to darei. Marcos 6:22

Uma moça ímpia, que dançou em público diante dos homens, foi a causa da morte de um dos mais santos dentre os homens.

Festas mundanas, bailes (baladas), e filmes ímpios, levam ao abandono de Deus, à incitação das paixões, e a extinção da nossa capacidade de discernir entre o pecado, a justiça e o juízo. Os genuínos filhos de Deus, não participam dessas coisas.

Segundo o relato das Escrituras, mulheres e meninas hebréias, dançavam espontaneamente em ocasiões excepcionalmente alegres (Jeremias 31.4), e, especialmente depois das vitorias nas batalhas, quando por isso, cantavam ao Senhor (Êxodo 15.19-21).

Não há nenhum registro bíblico, de homens judeus dançando com mulheres. Nem a minima indicação de que mulheres judias, dançaram alguma vez em público, diante de um auditório. A dança da filha de Herodias, na festa de aniversario de Herodes, era uma prática pagã.

 

 



Escrito por wc.falandodevida às 10h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






 

UMA GRANDE OPORTUNIDADE PODE TRAZER CONSIGO MUITOS DESAFIOS

Acredito que a maioria de nós, passa a vida desejando ter uma grande oportunidade, você está preparado para os desafios que podem vir junto com ela?

Porque uma porta grande e eficaz se me abriu; e há muitos adversários.
1 Coríntios 16:9

Quando Paulo escreveu para os Corintios, ele estava em Éfeso, por volta da sua terceira viagem missionaria.

"Ficarei, porém, em Éfeso até ao Pentecostes." 1Coríntios 16:8

Toda a Ásia ouviu a palavra do Senhor através do Apóstolo Paulo.

E durou isto por espaço de dois anos; de tal maneira que todos os que habitavam na Ásia ouviram a palavra do Senhor Jesus, assim judeus como gregos.
Atos 19:10

E, quando chegaram e reuniram a igreja, relataram quão grandes coisas Deus fizera por eles, e como abrira aos gentios a porta da fé.
Atos 14:27

Essa era a grande porta mencionada por Paulo, ao escrever para os corintios.

Para Paulo, foi uma grande oportunidade de pregar o evangelho em toda a Ásia, para qualquer um de nós, pode representar as mais variadas oportunidades. O certo é que, "uma grande oportunidade pode trazer junto com ela, grandes desafios!"

O tempo do Ministério de Paulo em Éfeso, durou três anos.

Portanto, vigiai, lembrando-vos de que durante três anos, não cessei, noite e dia, de admoestar com lágrimas a cada um de vós.
Atos 20:31

Uma grande porta, muitos adversários.

Paulo sempre enfrentou muitos opositores na propagação do evangelho, na Ásia, não foi diferente.

Mas, como alguns deles se endurecessem e não obedecessem, falando mal do Caminho perante a multidão... Atos 19:9

Ao percebermos que estamos diante de uma grande oportunidade, devemos nos preparar também, para enfrentarmos adversidades.

Como paulo reagiu a tão grandes desafios?

  • Perseverou em meio a oposição que sofreu. Atos 19.8

  • Mudou de estratégia por causa da oposição. Atos 19.9

  • Se fez representar onde não podia ir Atos 19.12

  • Mesmo desejando ir à macedônia, soube esperar o momento certo para ir. Não se ausentou até alcançar seu objetivo. Atos 19.12

  • Enviou dois de seus cooperadores, para preparar a sua ida. Atos 19.22

  • Soube ouvir e dar ouvidos aos conselhos que recebera. Atos 19.30,31

  • Aproveitou sua oportunidade desde o primeiro dia. Não perdeu tempo. Atos 20.18

  • Não limitou a sua forma de agir. Diversificou suas ações, ensinando nas casas e nos locais públicos. Atos 20.18

  • Fez seu trabalho com humildade, se resignando à vontade de Deus, suportando as aflições. Atos 20.19

  • Não fez acepção de pessoas ao realizar seu trabalho. Ensinou tantos a Judeus, como a Gregos. Atos 20.21

  • Soube a hora certa de parar. Atos 20.22

  • Seu maior objetivo era cumprir sua missão. Atos 20.24

  • Fez tudo o que tinha que fazer, não deixando nada para trás. Atos 20.27

  • Estabeleceu lideranças, para dar continuidade ao trabalho que começara. Atos 20.28

  • Alertou-os, quanto às adversidades que enfrentariam. Mais uma vez usou as suas experiências para ensinar. Atos 20. 29-31

  • Ensinou aos seus substitutos que deveriam depender de Deus. Atos. 20.32

  • Deu bom testemunho entre eles. Atos 20.33-35

  • Orou com eles. 20.36

    Paulo, não só fez de Cristo o centro da sua vida e seguiu as suas orientações, como sempre ensinou a todos os seus discípulos, a fazerem o mesmo.

    Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem aventurada coisa é dar do que receber. Atos 20:35

 

 

 

 



Escrito por wc.falandodevida às 10h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






O que é que Deus tem para nos falar que Ele ainda não pode falar por não estarmos preparado para ouvir

 

O que é que Deus tem para nos falar que Ele ainda não pode falar por não estarmos preparado para ouvir?

Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. João 16.12

Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir.

Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. João 14.26

O Espirito Santo veio regenerar o espirito humano

Regenerar.

Restabelecer o que estava destruído, arruinado. Gerar ou produzir novamente. .Revivificar. Reabilitar. Restituir a alguém os direitos que tinha perdido. Regenerar moralmente.João. 16.13

Ou seja, veio corrigir moralmente o espirito do homem, alinhando ele com a vontade de Deus. Veio corrigir as distorções que existe no homem caído. Veio ensinar o novo homem - o homem regenerado por ele -, a andar segundo a sua vontade. Efésios 4.17-32

Ainda que Jesus quisesse dar mais conhecimento aos seus discípulos, ele não poderia faze-lo. Eles não tinham recebido o Espirito Santo. João. 20.22 Romanos 8.13,14

Toda informação que nós recebemos acerca das coisas desse mundo, passa primeiro pelo nosso intelecto, nossa mente; passa primeiro pela compreensão humana.

Toda informação que nós recebemos do Espirito Santo, passa primeiro pelo nosso espirito. Romanos 8.16. Efésios 3.16-19. 1 Coríntios 6.20. Mateus 16.17

"O homem natural não compreende as coisas do Espirito de Deus..." 1 Coríntios 2.14

Mas nós não recebemos o espirito do mundo..." 1 Coríntios 2.12

O homem natural opera na esfera do entendimento humano, na carne; segundo os padrões do Mundo. (mas nós não recebemos o espirito do mundo)

O homem espiritual, opera na esfera espiritual, segundo os padrões do Espirito

( o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus)

O Terreno, entende as coisas que são da terra, o espiritual, entende as coisas que são do céu. 1 Coríntios 15. 47-49. João 3.31 Atos 26.18 Mateus 16.23

Nicodemos era mestre em Israel. Mas não pode compreender o que Jesus lhe falara.

Os discípulos por não terem discernimento espiritual (1Coríntios 2.15), muitas vezes tomaram decisões que não foram aprovadas pelo Senhor. Lucas. 9.49,50

Fizeram pedidos que não pode ser atendidos pelo Senhor. Mateus. 20.20-22 Tiago 4.3

Deram sugestões que não puderam ser aceitas pelo Senhor. Lucas 9.51-56

Quem governa precisa de muita conexão com a vontade de Deus, para não se deixar lavar por conselhos errados ( salmos 1)

Abisai um de seus sobrinhos (1 Crônicas 2.16) Que foi um de seus valentes, e com sua lança feriu a trezentos (2Samuel 23.18) sugeriu que Davi matasse a Simei, que o tinha amaldiçoado quando ele fugia de Absalão (2Samuel19.21-23). Também, quando Davi surpreendeu a Saul, enquanto ele dormia no meio dos carros, quando o perseguia, Abisai, pediu para matar a Saul (1Samuel 26.7-1)

Devemos ter cuidado para não nos deixarmos levar por conselhos de pessoas que não são guiadas pelo Espirito de Deus. Por isso precisamos ser "espirituais"

Davi, tinha recebido uma unção de Deus, para se tornar Rei em Israel (1Samuel 16.13), foi tentado a matar Saul, o que poderia ter adiantado o seu processo de posse do reino, mas teve discernimento e viu que ainda não era chegado a sua hora. Se ele tivesse se deixado levar por Abisai, ou pela sua vontade, teria se precipitado e , com certeza teria desagradado a Deus.

Paulo advertiu à Timóteo, que não fosse precipitado.

"A ninguém imponhas precipitadamente as mãos, nem participes dos pecados alheios; conserva-te a ti mesmo puro." 1 Timóteo 5.22

Abisai, era parente de Davi; companheiro nas batalhas, mas Davi sabia que para certas decisões, só Deus poderia guia-lo.

 

Quem não anda no espirito, não pode agradar a Deus

.Ver Romanos. 8.1,2;7,8;13,14, também não pode receber mais de Deus!

 

 

Foi o que Davi fez!

Nós precisamos deixar o Espirito de Deus nos guiar.

A Palavra de Deus nos adverte quanto aos conselhos dos ímpios

Veja o caso de Davi, que era um homem que tinha o Espirito de Deus. (1 Samuel 6.13)

Ele também recebeu conselhos que não poderiam ser aceitos.

Na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus.

O que é nascido da carne é carne, o que é nascido do Espirito, é espirito. João 3.3;6

Fomos criados em verdadeira justiça e santidade, para sermos novas criaturas. Gálatas. 6.15 Tito 3.5



Escrito por wc.falandodevida às 16h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






O crente carnal

E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo.

Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis,

Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens? 1Corintios 3.1-3

Por que o Apóstolo Paulo, chamou de carnal, de menino em Cristo, uma igreja que tinha sido enriquecidas em todas as coisas(1Coríntios 1.5);  uma igreja que tinha todos os dons? (1Coríntios 1.7)

O que é ser carnal?

Embora, a igreja de Coríntios tivesse sido bem instruída, tivesse o Espírito Santo, e tivesse todos os dons, ela estava deixando de viver uma vida espiritual plena; deixando de andar no espírito; deixando de ser guiada pelo espírito, para andar segundo os homens!

Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens? 1 Coríntios 3.3

Então, carnal é aquele que anda segundo os homens. E aquele que não anda segundo o Espirito

Porque, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, que são pela lei, operavam em nossos membros para darem fruto para a morte.” Romanos 7.5

Ser um crente carnal, e' ser um crente que faz a vontade da carne.

E aquele que pratica as obras da carne. Gálatas 5.16-21;24-26

Carne, nesse contexto, se refere à natureza humana, ao homem caído, ao homem natural.1Corintios 2.14

Veja o que o Apóstolo Paulo, escreveu aos Gálatas.

O insensatos gálatas! quem vos fascinou para não obedecerdes à verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo foi evidenciado, crucificado, entre vós?

Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé?

Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne? (Gálatas 3.1-3)

Veja, também, Romanos 8. 1-8

Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.

Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.

Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne;

Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.

Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.

Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.

Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser.

Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus”

Continua...



Escrito por wc.falandodevida às 11h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






continuaçao

A carne é inimiga de Deus.

Quem anda na carne sempre vai se inclinar para as coisas da carne v.5

Quem anda na carne, não tem vida e nem paz. v.6

Quem anda na carne não pode se submeter a Deus. v. 7

Quem faz a vontade da carne não pode agradar a Deus. v.8

 

O Apóstolo Paulo, sabia que aquele irmãos estavam correndo perigo.

Veja o que ele escreveu aos Gálatas

Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.

Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna. Gálatas. 6.7,8

 

Uma igreja dividida não pode prevalecer .

Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer. 1 Coríntios 1.10

Dissensões – Divergências de opiniões, ou interesses. Desavenças; oposição, discórdia.

Ver Marcos 3.24,25

 

A igreja estava dividida em quatro grupos

Eu sou de Paulo, eu de Apolo, eu de Cefas, e eu de Cristo. 1Coríntios 1.12

Na carta aos Efésios, Paulo declara o seguinte:

(...) Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.

Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;

Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;

Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós. Efésios 4.1-6

Um só corpo. 1Corintios, 12.12

Um só espírito. 1Corintios 12.13. Atos 16.6,7

Um só Deus. João, 10.30

Só o que é espiritual, discerne bem todas as coisas  (1Coríntios 2.15)

Aqueles irmãos não estavam entendendo as coisas pelo espirito, por isso, Paulo disse que eles estavam andando segundo os homens.(1Coríntios 2.14), “andando como a meninos em Cristo”.

O que é ser menino em Cristo?

Menino em Cristo, é aquele que nasceu de novo, mas não cresceu!

Não desenvolveu a vida espiritual, segundo o crescimento que o espirito tem para ele.

Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor. 2 Pedro 1.2

É comparado à criança que que se alimenta só de leite. Não está preparado para o alimento, sólido.

Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis. 1 Corintios 3.2

Menino pode ser facilmente enganado

Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. Efésios 4.14

Só quem é adulto na fé, sabe identificar quem é menino na fé

Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.” 1 Coríntios 13.11

Paulo declarou que também já havia sido menino, mas que havia crescido.

O menino, não está preparado para reinar.

Na carta que escreveu aos Gálatas, Paulo, diz que o herdeiro de um trono, enquanto

é menino, nada o difere do servo.

Digo, pois, que todo o tempo que o herdeiro é menino em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo;

Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai.

Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos primeiros rudimentos do mundo.” Gálatas 4.1-3

É isso que acontece com o crente carnal, ele já tem tudo, já tem todas as coisas, mas não consegue desfrutar delas.

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo” Efésios 1.13

Visto como o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou pela sua glória e virtude;

Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo.” 2Pedro cap. 1. 3,4

Se nós já fomos abençoados com todas as bênçãos em Cristo, por que não vivemos uma

vida cheia de bênçãos? Por que vivemos atrás das bênçãos? Por que a maioria de nós, vive de campanha em campanha, para recebermos bênçãos? O que é que está nos faltando? (Gênesis 1.11,12.2.5. Aqui foi feito um comentário)

Por que as bênçãos não nos perseguem, e nos alcançam?

E será que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra.

E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do SENHOR teu Deus.” Deuteronômio 28.1,2

Só quando deixarmos de ser meninos na fé, e que poderemos desfrutar de uma vida plena com Deus, gozando de todas as bênçãos que ele tem para nós!

 

 



Escrito por wc.falandodevida às 10h45
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






A Trindade sob Ataque

A Trindade sob Ataque
Dr. Paulo Romeiro

Introdução

A controvérsia sobre a Trindade, uma das doutrinas centrais da fé cristã, é muito antiga. A Trindade um termo que expressa que dentro da natureza do único Deus verdadeiro há pessoas distintas (e não separadas): O Pai, o Filho e o Espírito Santo. Ao longo dos séculos, vários Pais da Igreja se debruçaram sobre o tema e trabalharam no seu desenvolvimento.

O cristão deve estar preparado para responder, à luz da Bíblia Sagrada, a tais desafios. O foco é a Trindade e não a divindade de Jesus Cristo.

I - Definição

Por "Trindade" não queremos dizer que acreditamos em três deuses, pois para nós há somente um Deus (Isaías 43.10). Ao invés disso, queremos dizer que na Divindade há três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Pode parecer um paradoxo, mas Deus é três e um simultaneamente.

Precisamos fazer distinção entre o termo "pessoa" e "natureza". As pessoas em Deus são três, mas uma só é a natureza, que consiste na onipotência, onisciência, onipresença etc. Assim, o Pai, o Filho e o Espírito Santo são ao mesmo tempo três pessoas distintas e um só Deus. O termo "tri unidade" resume melhor essa concepção bíblica de Deus.

II - Objeções

1. O termo “Trindade” não se encontra na Bíblia.
Só porque o termo não se encontra na Bíblia  não significa que o conceito não seja bíblico. O termo “milênio” não se encontra na Bíblia, mas seu conceito sim. Veja Ap 20.6, 7. Há outros exemplos tais como “decálogo” (Ex 20) e “monoteísmo” (Dt 6.4).


2. O conceito de Trindade não é lógico.
Este argumento não se sustenta, pois, a ciência não é perfeita e nunca será. A ciência é desenvolvida por seres imperfeitos e falíveis. Por isso, a ciência está sempre revendo os seus conceitos e, muitas vezes, mudando de posição.
 
Só porque eu não entendo algo, não quer dizer que tal coisa não tem lógica. A mente humana é finita e incapaz de compreender totalmente o infinito. Por exemplo: qual é o último número da matemática?

3. A Trindade surgiu de conceitos pagãos.
Não existe Trindade nas religiões pagãs. O que existe é tríades, o conceito de três deuses. As religiões pagãs são politeístas, isto é, crêem na existência de muitos deuses.

A Bíblia não é o único livro que fala de um dilúvio. A literatura pagã também o faz. Isso não significa que o dilúvio é um conceito pagão. A Trindade deve ser considerada da mesma forma.
4. A Trindade e a matemática. Não se trata de 1+1+1= 3, mas, de 1x1x1= 1.

III - A Trindade na História

Justo González afirma que “o desenvolvimento da doutrina trinitária é simplesmente de esclarecimento e definição do que já estava implícito nas Escrituras”  Um dos primeiros desafios doutrinários da Igreja foi o arianismo, tema tratado, debatido e condenado no Concílio de Nicéia (325), e depois pelo de Constantinopla. Ário, bispo de Alexandria, insistia em que Cristo, embora divino, não era eterno e foi a primeira criação de Deus.

O Concílio de Nicéia estabeleceu o Credo que declarou que o Filho “É Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado e não criado, da mesma substância (hommousion) que o Pai”, em oposição à substância semelhante (hommoiusion).
 
Alderi de Matos informa que “a vitória da causa nicena somente foi assegurada graças aos esforços de quatro grandes teólogos orientais: Atanásio de Alexandria, Basílio de Cesaréia, Gregório de Nissa e Gregório de Nazianzo, estes últimos conhecidos como os ‘três capadócios’.

Os capadócios tomaram para si a tarefa de definir mais claramente a unidade e a diversidade existentes no Ser Divino, inclusive a terminologia adequada para isto, ou seja, de que em Deus há três hipóstases (subsistências individuais ou pessoas) e apenas uma ‘ousia’ ou essência divina”. 

A controvérsia ariana abriu o caminho para os debates posteriores sobre a Trindade. O termo “Trindade” foi cunhado por Tertuliano de Cartago, nascido em torno do ano 160 d.C. Seus escritos cobrem o período aproximado de 196-212 e 31 obras suas em latim sobreviveram.

Houve uma época em sua vida em que se envolveu com o movimento de Montano. Sua maior contribuição foi para o estabelecimento da doutrina da Trindade. Segundo Tertuliano, “a substância é aquilo que une os três aspectos da economia da salvação; a pessoa é aquilo que as distingue.

As três pessoas da Trindade são distintas, porém indivisíveis; diferentes, porém não separadas ou independentes uma das outras. A complexidade da experiência humana de redenção é resultante, portanto, das três pessoas do Ser Divino atuando de maneiras distintas, porém coordenadas na história humana, sem se perder, em qualquer sentido, a unidade total do ser divino”.   

Para alguns historiadores, a doutrina da Trindade foi definida nos Concílios de Nicéia e Constantinopla e a doutrina da pessoa divino-humana de Cristo no Concílio de Calcedônia.   Agostinho de Hipona (354-430), com a sua obra A Trindade, contribuiu e muito para a formação da doutrina trinitariana. 

IV - O Conjunto Voz da Verdade

A Igreja Voz da Verdade foi fundada em 05 de janeiro de 1984 em Santo André, SP. Tornou-se conhecida através do seu conjunto musical, de mesmo nome. Trata-se de um grupo unicista, que batiza somente no nome de Jesus e afirma que o batismo efetuado pelas igrejas trinitarianas são sem valor bíblico e “forjado pelo homem”.  

Entretanto, uma coisa o Conjunto Voz da Verdade não despreza. O grande número de crentes das igrejas evangélicas que compram os seus produtos e cantam suas músicas.

No segundo semestre de 1997, a revista da Escola Bíblica Dominical da CPAD (Casa Publicadora das Assembléias de Deus) publicou um alerta sobre a Igreja Voz da Verdade sob o tópico Seitas Modalistas.

Em resposta, o grupo distribuiu um CD de 58 minutos intitulado O mistério de Deus Cristo, com os seguintes tópicos: O que Deus diz de si mesmo; Quem é Jesus? E o Batismo nas águas. Com a foto do Pr. Carlos Alberto Moysés, o CD contem três músicas: Imagem de Deus; Tu me amas? e Deus conosco. Nele, o Pr. Carlos Moysés faz constantes ataques à doutrina da Trindade.
 
A maioria dos versículos citados é lida pela sua esposa Liliane. Depois de citar Isaías 40.13, comenta: “Deus não tem sócio. Onde estaria a palavra Trindade aí? Não existe na Bíblia Sagrada”.

Continua...



Escrito por wc.falandodevida às 09h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Continuação

Observe outras declarações contidas no CD:
- “O Filho como homem não era Deus. Era Filho de Deus, como a parte- humana”.
- “Para Jesus ser Deu s ele tem que ser o próprio Pai”
- “A Bíblia diz que Deus se fez carne. Não o Filho se fez carne. Veja que Deus não tem filho”.

“Agora, eu vou provar uma coisa sensacional aqui. Você já viu que Jesus é o Pai. Que Jesus é o Filho. Eu quero dizer que Jesus é o Espírito Santo. E falar mais para vocês. Será que o Espírito Santo tem sangue? Muitos dirão: não. Mas, Atos 20.28 diz que o Espírito Santo tem sangue. Quem sabe português, aí está dizendo que o Espírito Santo nos resgatou com seu próprio sangue”.

“Quero dizer para você que não há Trindade na Bíblia. Não há três deuses, não há três pessoas em uma só. Há um só Deus, que se revelou como Pai quando criou todas as coisas. Porque quem cria é pai de alguma coisa. Santo Dumont é o pai da aviação. Deus foi chamado de Pai quando criou. Deus foi chamado de Filho quando se encarnou. Deus é chamado Espírito Santo hoje. Ele está aí. Ele é Jesus”.

“Eu fui numa biblioteca metodista e encontrei alguns argumentos. Até o ano 300 quase se cria que Jesus era o único Deus e só se batizava em nome de Jesus. Vieram os filósofos. Veio Ário e começaram a filosofar em cima de Jesus. Não, ele é muito pra ele ser Deus.

Aí, fizeram um Concílio de Nicéia, em 325, o primeiro concílio e acharam que o Pai é uma pessoa e o Filho outra. Eram dois. Mas, não se conformando, no ano 381, fizeram o II Concílio de Nicéia, aumentando mais uma pessoa para a divindade. Porque três já confirma alguma coisa. Como se o Espírito Santo fosse outra personalidade, outro Deus. Mas, não é não. Só um. Eu não quero ir atrás dos historiadores e filósofos. Eu quero estar dentro da Bíblia Sagrada”.

Sobre Jesus,Carlos Moysés afirma: “Como homem, orava. Como Deus, respondia”. 

Outro argumento de Carlos Moysés é de que nem Billy Graham compreende a doutrina da Trindade. Esse é um argumento muito pobre. Ora, o fato de alguém não compreender uma doutrina bíblica, como por exemplo, a escatologia, não a invalida.


V - A Trindade no Antigo Testamento 

Gênesis 1.26, 27 — Chegando o momento de criar o homem, Deus disse: "Façamos o homem à nossa imagem, conforme nossa semelhança". O verbo "fazer", nesse caso, aponta para um ato criativo, e somente Deus pode criar.

Assim, ao ser criado, o homem não poderia ter a imagem de um anjo ou de qualquer outra criatura, mas a imagem de Deus, a imagem de seu Criador. No versículo 27, lemos: "Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou".

O interessante, porém, é que a Bíblia diz que Jesus Cristo também criou todas as coisas, as visíveis e invisíveis (João 1.1, 3; Colossenses 1.16 , 17; Hebreus 1.10), o que inclui necessariamente o homem.

Desse modo, concluímos, à luz da Bíblia, que o homem tem a Jesus como seu Criador; logo, o homem carrega Sua imagem, pois Jesus é Deus, uma vez que "à imagem de Deus" o homem foi criado. Já em Jó 33.4, Eliú declara: "O Espírito de Deus me fez". Afinal de contas, quem fez o homem?
A Bíblia diz: "Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou". E quem é esse Deus? Resposta: Pai, Filho e Espírito Santo.

É digno de nota que há outros textos em que Deus fala no plural: Gênesis 3.22; 11.7-9; Isaías 6.8. Alguns dizem tratar-se de plural de majestade, ou seja, é uma forma de expressão onde o indivíduo fala do plural que não revela necessariamente uma pluralidade participativa.

Todavia, isso não funciona em Gênesis 1.26, 27, pois outros textos bíblicos deixam claro que o Pai, o Filho e o Espírito Santo criaram o homem; logo, não está em jogo nenhum plural de majestade, mas um ato criativo de Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. Os demais textos, portanto, devem ser interpretados seguindo-se essa mesma linha de raciocínio.


VI - A Trindade no Novo Testamento

Os textos bíblicos abaixo alistados (respeitando-se os devidos contextos) mostram sempre juntos o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Levando-se em conta que Deus é único (Isaías 43.10) e que ele não partilha sua glória com ninguém (Isaías 42.8; 48.11), é interessante notar como o Pai, o Filho e o Espírito Santo são postos em pé de igualdade, coisa que nenhuma criatura, por melhor que fosse, poderia atingir, nem muito menos uma "força ativa" (agente passivo).

A. Mateus 28.19 — A ordem de Jesus é para batizar em "nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo". Ora, se Jesus fosse uma criatura e o Espírito Santo uma "força ativa", seria estranho que as pessoas fossem batizadas em nome do Criador (que não divide sua glória com ninguém), em nome de um anjo, e de uma "força ativa"; aliás, que necessidade há em batizar alguém em nome de uma "força"? Tudo isso só faz sentido se Jesus e o Espírito Santo forem Deus, assim como o Pai.

B. Lucas 3.21, 22 — No batismo do Filho, lá estão o Espírito Santo e o Pai; como sempre, inseparáveis. Essa é uma das razões pelas quais o batismo cristão deve ser ministrado em nome das três pessoas.

C. João 14.26 — Jesus fala do Espírito Santo, que será enviado pelo Pai, em seu próprio nome, isto é, de Cristo.

D. 2Coríntios 13.13 — Outra fórmula trinitária, onde aparece o Filho, em primeiro lugar, com sua graça ou benignidade imerecida; depois, o Pai, com seu amor; e finalmente, o Espírito Santo, com a comunhão ou participação que dele procede.

E. 1Pedro 1.1, 2 — Pedro fala aos escolhidos, que foram eleitos segundo a presciência do Pai, santificados pelo Espírito e aspergidos com o sangue de Jesus Cristo.

F. Outros versículos — João 8.16; Romanos 8.14-17; 15.16, 30; 1Coríntios 2.10-16; 6.1-20; 12.4-6; 2Coríntios 1.21, 22; Efésios 1.3-14; 4.4-6; 2Tessalonicenses 2.13, 14; Tito 3.4-6; Judas 20, 21; Apocalipse 1.4, 5 (compare com 4.5) etc.
A Trindade nos textos de Isaías 6.1-10, João 12.36-41 e Atos 28.24-27.


VII - A fórmula batismal

No CD mencionado acima, Carlos Moysés afirma que o batismo não pode ser efetuado em nome do Pai, Filho e Espírito Santo, mas, somente no nome de Jesus.



Escrito por wc.falandodevida às 09h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Continuação

Argumentos mal aplicados para se batizar somente em nome de Jesus.

A. Em Mateus 28.19, Jesus mandou que os discípulos batizassem em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Em Atos 2.38 encontramos os apóstolos batizando em nome de Jesus, porque Jesus é o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Refutação:

Esse argumento não tem base bíblica, pois as Escrituras estabelecem a distinção entre as pessoas da Trindade, por exemplo: João 10.30. Assim, é absurda a suposição de que os apóstolos entenderam que Jesus quis dizer que batizassem em seu próprio nome, porque ele era o Pai, o Filho e o Espírito Santo, uma vez que 1João 4.14 diz claramente: "E nós (os apóstolos) temos visto e testemunhamos que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo".

B. Afirma-se que "Pai", "Filho" e "Espírito Santo" são apenas "títulos", não "nomes próprios", mas que Jesus é "um nome próprio".

Refutação:

Se fizéssemos distinção entre "nome" e "título" na Bíblia, não poderíamos entender os nomes bíblicos, porque seus nomes eram seus títulos. Em Gênesis 29.32, por exemplo, "Rubem" (nome próprio) literalmente quer dizer "um filho", mas "filho" é um título segundo o Unicistas. Jesus (nome próprio) significa "Salvador" (Mateus 1.21), o qual também é um título.

C. Ensina-se que em Mateus 28.19 se usa a palavra "nome" (singular) e não "nomes" (plural).
 
Refutação:
 
A Bíblia muitas vezes usa a palavra "nome" (singular) para referir-se a mais de uma pessoa. Veja Gênesis 5.2: "Homem e mulher os criou, e os abençoou, e lhes chamou pelo nome de Adão, no dia em que foram criados". Veja também Gênesis 11.4 e 48.6, 16.

D. Alega-se que os apóstolos nunca batizaram "em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo", mas somente "em nome de Jesus".

Refutação

I) É verdade que na Bíblia não encontramos os apóstolos batizando a pessoas "em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo"; tampouco, porém, encontramos na Bíblia os apóstolos recitando a frase "eu te batizo em nome de Jesus Cristo".

II) Eles afirmam que os apóstolos recitaram tal frase, quando lêem na Bíblia que algumas pessoas foram batizadas "em nome de Jesus Cristo". A verdade é que não há nenhuma evidência na Bíblia de que os apóstolos tenham recitado tal frase ao batizar.

III) Há somente uma pessoa na Bíblia que vemos como foi batizada. Esta pessoa foi o eunuco etíope, que foi batizado por Filipe (At 8.36). Ali, não observamos Filipe dizendo: "Eu te batizo em nome de Jesus". A única coisa que encontramos é que o eunuco dizendo: "Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus".

IV)  As evidências mais remotas que temos sobre a maneira em que os cristãos eram batizados na igreja primitiva se encontram num livro intitulado Didache (ou: Ensinamentos dos Apóstolos).

Este livro, que foi escrito por volta do ano 110 d.C., diz: "Quanto ao batismo, procedam assim: Depois de ditas todas essas coisas, batizem em água corrente, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo." (Grifo acrescentado).

V)   Fazer algo "em nome de" alguém significa fazê-lo em sua autoridade, em obediência ao seu mandato, da parte de ou como seu representante, como por exemplo: "E, pondo-os perante eles, os argüíram: Com que poder, ou em nome ( na autoridade ou da parte) de quem fizestes isto?" (Atos 4.7). Veja também João 16.23-26; 1Coríntios 1.13-15 e Colossenses 3.17.
 
Assim, a frase "em nome de" não tem nada que ver com uma fórmula mágica que alguém diz durante cada ação. Quando a Bíblia diz que alguns foram batizados "em nome do Senhor Jesus Cristo" (Atos 2.38; 8.16; 19.5), não quer dizer que os apóstolos literalmente recitaram a frase: "Eu te batizo em nome do Senhor Jesus Cristo”, antes, porém, que as pessoas foram batizadas em obediência à ordem de Jesus, isto é, de acordo com o ensino de Jesus.

     
VIII - Glossário 

Filioque. Em latim, “o e Filho”. Palavra inserida no Credo Niceno-Constantinopolitano (381) pelo Concílio de Toledo (589) para indicar que o Espírito Santo procede tanto do Pai como do Filho (“dupla processão”). A inserção foi rejeitada pela igreja oriental e provocou o cisma católico-ortodoxo de 1054.

Hipóstase. Conceito que indica que algo existe por si mesmo, como sujeito independente, ou seja. É uma pessoa ou indivíduo. Em Cristo há uma hipóstase e duas naturezas.

Modalismo. Heresia trinitária que considera as três pessoas da Trindade como “modos” diferentes do ser divino. Um ensino modalista considera Deus ativo como Pai na criação, como Filho na redenção e como Espírito na santificação.

Perichoresis. Encontrado com freqüência em sua forma latina (circumincesio – interpenetração mútua), o termo indica que as três pessoas da Trindade compartilham mutuamente da vida uma das outras, de modo que nenhuma é isolada ou desligada das ações das outras.

Sabelianismo. Ensino de Sabélio, no século III, conhecido também como modalismo. Afirma que Deus é uma só pessoa com três nomes ou manifestações históricas: Pai, Filho e Espírito Santo.

IX - Considerações finais

“Nossa geração está exposta a mais idéias religiosas do que qualquer povo na história. Os programas de rádio e de televisão, bem como jornais e revistas, bombardeiam as pessoas com todos os tipos de doutrinas divergentes que alegam ser a verdade. As pessoas que não possuem discernimento são incapazes de determinar o que é a verdade, e muitas sentem-se desanimadas pela diversidade” (John MacArthur).





Escrito por wc.falandodevida às 09h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






 

JESUS TAMBÉM FOI PERSEGUIDO POR SUA FAMÍLIA

NEM SEMPRE VAI SER POSSIVEL VIVERMOS BEM COM NOSSA FAMILIA.

Chegaram, então, seus irmãos e sua mãe; e, estando fora, mandaram-no chamar.
E a multidão estava assentada ao redor dele, e disseram-lhe: Eis que tua mãe e teus irmãos te procuram, e estão lá fora.
E ele lhes respondeu, dizendo: Quem é  minha mãe e meus irmãos?
E, olhando em redor para os que estavam assentados junto dele, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos. Porquanto, qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, e minha irmã, e minha mãe. Marcos 3. 31-34

Só é considerado da família de Jesus, aquele que o obedece. Lucas 8.21 Tiago 1.22
Ás vezes, algumas respostas de Jesus, nos surpreendem.
Por que responder dessa maneira, àqueles que lhe falavam da sua família?
Estaria ele aborrecido com sua família?

“Cuidais vós que vim trazer paz à terra? Não, vos digo, mas antes dissensão;
Porque daqui em diante estarão cinco divididos numa casa: três contra dois, e dois contra três.
O pai estará dividido contra o filho, e o filho contra o pai; a mãe contra a filha, e a filha contra a mãe; a sogra contra sua nora, e a nora contra sua sogra”. Lucas 12.51-53

Alguém já viu algum caso assim?


Em Isaías 9.6, Jesus é conhecido como o “Príncipe da Paz”. Mas, nesse momento, ele faz mais uma daquelas declarações que confundem totalmente os seus ouvintes.
Quem reconhecesse Jesus como o Messias (ver Daniel 9.25), seria expulso da Sinagoga. João 9.22
Em João, à partir do cap. 9. vemos um exemplo do que Jesus falou a respeito de
conflito em família:
Os pais do jovem que fora cego, temiam os fariseus, e não o apoiaram. João 9.21.
O filho, por sua vez, por conta da sua fé, não temeu os fariseus, e, ainda os confrontou.
Ver 9.34.

Por que estamos sujeitos à essas coisas?
Porque quando decidimos realmente seguir a Cristo, constante nós veremos diante de situações que irão exigir algum tipo de renuncia da nossa parte.
Também correremos o risco de sofrermos algum tipo de exclusão.


Na família. João 9.19-22
Na vida religiosa. João 9.Na vida social. Romanos 12.2
No trabalho. Lucas 5.11; 28. 18.28-30
No trabalho, e na família. Marcos 1.16-20

Ver 2 Timóteo, 3.10-12 “Todos os que quiserem...”
Piamente. De forma dedicada. Devotada.
Foi o próprio Senhor, quem falou, que haveria divisão numa casa  por causa do evangelho. Ele também não escapou disso!

E, quando os seus ouviram isto, saíram para prendê-lo; porque diziam: Está fora de si. Marcos 3.21

Ouviram isto o quê?

Jesus, e os seus discípulos, mal podiam se alimentar. Marcos 3.20
Jesus não tinha lugar certo para dormir. Lucas 9.58
Jesus, não se alimentava, de forma regular. João. 4.8;31-34
Jesus, confrontava os lideres religiosos, com a verdade. João.8.40
Jesus, segundo eles, não seguia a lei. João 9.16
Jesus, se declarou igual a Deus. João. 8.58
Jesus, purificou o templo. Lucas 19.45,46
Jesus, acusava os lideres religiosos de viverem de aparência. Mateus 23.1-3
Jesus, publicamente, os chamava de hipócritas, insensatos. Mateus. 23.13...

Muitos acusavam Jesus, de estar fora de si. João. 7.12; 43; 9.16; 10.19

Pode ser que, a família de Jesus pressionada por alguns do povo, e, dos lideres religiosos, tenham tomado a decisão de prendê-lo.

Chegaram, então, seus irmãos e sua mãe; e, estando fora, mandaram-no chamar. Marcos 3.31

Os familiares de Jesus, incluindo sua mãe, achavam que Ele estava fora de si - insano - por isso, queriam prende-lo.
Eles não o procuraram porque estavam com saudades dele, ou porque queriam saber notícias dele; achavam que Ele não sabia mais o que estava fazendo.
Agora, fica claro porque Jesus não queria receber sua família.
Jesus, mesmo desacreditado por sua família, mesmo sendo tratado como alguém
fora de si, continuou sua missão!

O que Jesus dizia para os seus discípulos fazerem, ele também fazia.

Jesus abriu mão da sua família, da vida social, da vida religiosa, por causa do evangelho, por causa de nós. Por isso, ele pode requerer que façamos o mesmo.
Ver, Mateus 10.25;37-39

Continua...



Escrito por wc.falandodevida às 18h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Continuação...

Nem seus irmãos criam nele.

E depois disto Jesus andava pela Galiléia, e já não queria andar pela Judéia, pois os judeus procuravam matá-lo.
E estava próxima a festa dos judeus, a dos tabernáculos.
Disseram-lhe, pois, seus irmãos: Sai daqui, e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes.
Porque não há ninguém que procure ser conhecido que faça coisa alguma em oculto. Se fazes estas coisas, manifesta-te ao mundo.
Porque nem mesmo seus irmãos criam nele. João 7. 1-5

Além de não crerem nele, porque teriam pedido a Ele, para se dirigir à um lugar onde Ele não queria ir, para um lugar onde queriam matá-lo?
Com qual intenção teriam dito isso?
Mesmo assim, Jesus continuou sua missão!

Sua família foi salva.
Sua mãe e seus irmãos, estavam presentes na descida do Espirito Santo, no dia de Pentecostes.
E, entrando, subiram ao cenáculo, onde habitavam Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, irmão de Tiago.
Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos. Atos 1.13,14

Tiago, um de seus irmãos, se tornou Apóstolo e Pastor da Igreja de Jerusalém.

E não vi a nenhum outro dos apóstolos, senão a Tiago, irmão do Senhor.” Gálatas 1.19

Judas, irmão de Tiago, irmão do Senhor, também se tornou Apóstolo.
Ver: Judas 1.1

Seus irmãos foram comparados aos Apóstolos

Não temos nós direito de levar conosco uma esposa crente, como também os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor, e Cefas? 1° Corintios 9.5

Obs: Tiago, irmão de João, foi morto por Herodes, que desejava também matar a Pedro.
E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja, para os maltratar;
E matou à espada Tiago, irmão de João. Atos 12.1,2


Jesus,  foi um exemplo de que, às vezes, até por nossos familiares,
poderemos sofrer perseguições.

A perseguição, é motivo para muitos desistirem da sua fé, Jesus perseverou, e pode ver toda a sua família se converter, mesmo que isso tenha acontecido após sua morte e ressurreição. Ver, 1 Pedro 4.5

Pode ser que muitos  de nós, não consiga ver toda a nossa família aos pés do Senhor, enquanto vivermos, mas Deus é fiel, e vela pela sua Palavra para a cumprir.

Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor. 1° Coríntios 15.58

Vale a pena perseverar na Fé!

Estudo bíblico novembro 2011 

Diácono Wilson

E-MAIL wcvendas1000@yahoo.com.br



Escrito por wc.falandodevida às 18h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






A benção de Deus, é para os que andam no caminho!

“E aconteceu que chegando ele perto de Jericó, estava um cego assentado junto do caminho, mendigando.
E, ouvindo passar a multidão, perguntou que era aquilo.
E disseram-lhe que Jesus Nazareno passava.
Então clamou, dizendo: Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim.
E os que iam passando repreendiam-no para que se calasse; mas ele clamava ainda mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim!
Então Jesus, parando, mandou que lho trouxessem; e, chegando ele, perguntou-lhe,
Dizendo: Que queres que te faça? E ele disse: Senhor, que eu veja.
E Jesus lhe disse: Vê; a tua fé te salvou.
-E logo viu, e seguia-o, glorificando a Deus. E todo o povo, vendo isto, dava louvores a Deus.” Lucas 18.35-43

É interessante notar, que o cegou não foi atendido por Jesus, enquanto estava assentado junto do caminho, ele precisou se levantar, e ir até Jesus.

Na parábola do semeador - Mateus 13, Jesus disse que a semente que caiu à beira do caminho, foi comida pelas aves ( roubada pelo diabo ).
Ele vivia ao lado do caminho, mas para receber a sua benção ( cura ), precisou ir até ao caminho.
Então Jesus, parando, mandou que lho trouxessem; e, chegando ele, perguntou-lhe..."
A benção de Deus, é para os que andam no caminho!

Disse Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida.



Escrito por wc.falandodevida às 15h48
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






AQUILO QUE O DINHEIRO NÃO COMPRA, A FÉ ADQUIRE!

 

O vós, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. Isaias 55.1



Escrito por wc.falandodevida às 10h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
border=0